CUIDADOS QUE VOCÊ DEVE TER AO PLANEJAR UM PROJETO COM DRYWALL

Publicado em: 15-08-2019

CUIDADOS QUE VOCÊ DEVE TER AO PLANEJAR UM PROJETO COM DRYWALL

A maior parte das pessoas já ouviu falar em drywall.

Elas podem nunca tê-lo usado, mas sabem que ele existe.

Também, pudera; trata-se de um material que está há décadas no mercado, sendo fundamental para a construção civil em uma série de países desenvolvidos, tal qual Estados Unidos, Austrália e Japão.

Boa parte dessas pessoas, no entanto, nem sequer imagina que não existe apenas um tipo de drywall; elas acham que esse material é sempre igual.

Por conta dessa crença, acabam fazendo projetos equivocados.

Para que você não faça parte do grupo daqueles que investem no drywall de forma equivocada, preparamos um breve texto no qual damos dicas de como garantir que o seu projeto com drywall saia da forma que você espera.

ESCOLHA O TIPO CERTO

O primeiro passo, então, é assimilar que existe não apenas um, mas sim três variações de drywall no mercado. São elas:

  • Drywall branco (ST): trata-se do tipo mais comum de drywall; ele é indicado para uso em áreas secas, tal qual um escritório, uma sala ou ambientes afins. Proporciona bom nível de isolamento térmico e acústico;
  • Drywall verde (RU): esse drywall possui componentes hidrofugantes, que protegem a superfície de respingos e umidade – aqui vale uma ressalva: esse material é resistente à água e não à prova d’água, ou seja, ele é capaz de suportar o contato com quantidades moderadas de água, porém não excessivas, portanto não deve ser usado em saunas, piscinas e outros ambientes nos quais haja uma quantidade muito grande de água ou umidade;
  • Drywall rosa (RF): o terceiro e último tipo de drywall é o rosa. Essas placas possuem fibra de vidro em sua composição, o que garante maior resistência à fogo. São indicadas para saídas de emergência, escadas enclausuradas e outros ambientes nos quais há risco de incêndio.

CONTRATE O PROFISSIONAL ADEQUADO

Agora que você já sabe quais são os tipos de drywall disponíveis e suas vantagens e desvantagens, fica mais fácil ver se o drywallé realmente o material mais indicado para a utilização que você tem em mente.

Se você tem certeza disso, é importante garantir que o profissional que fará a instalação não apenas trabalhe com o tipo de drywall que você precisa, mas que tenha aptidão para executar corretamente o serviço que você deseja – é justamente nesse momento que a maior parte dos problemas aparecem; há centenas de profissionais no mercado que não tem pudor algum em afirmar que são especialistas em drywall quando na verdade eles são apenas aventureiros que não querem perder o serviço.

Nessa hora, portanto, o ideal é recorrer a uma empresa que seja especializada especificamente nesse tipo de material, tal qual a DryFlex, também, que há anos trabalha com os três tipos de drywall mencionados acima, além de uma série de outros produtos, tal qual gesso, PVC, lã mineral e afins.

Seja qual for a sua necessidade, portanto, entre em contato conosco e descubra o amplo leque de soluções que colocamos à disposição de nossos clientes.

Comentários
Perguntas realizadas sobre: "CUIDADOS QUE VOCÊ DEVE TER AO PLANEJAR UM PROJETO COM DRYWALL"
  Mostrar Comentários

Ainda não temos nenhum comentário para este artigo.
Seja o primeiro utilizando o formulário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2019. DryFlex. Todos os direitos reservados.

Exent | Performance Marketing
× Precisa de ajuda?